Blog

Fotofobia: O que é e como conviver?

Toda vez que você sai está em locais ou ambientes onde há uma maior concentração de luz natural como a do sol, ou luz artificial como do celular ou do computador, por exemplo, você se sente um incômodo nos olhos ? Seus olhos chegam até mesmo a lacrimejar ou ficar muito vermelhos algumas vezes? Então é possível que você tenha fotofobia. 

Apesar do nome bastante particular, a fotofobia acomete um grande número de pessoas. 

 E entender melhor quais são suas causas e quais as melhores conviver melhor com essa condição, pode te ajudar a ter uma vida melhor.

Pensando nisso, no artigo de hoje iremos abordar as questões que estão relacionadas a fotofobia. Não deixe de acompanhar nosso conteúdo!

O que é fotofobia?

A fotofobia que também é conhecida como sensibilidade ocular, ao contrário do que muitos pensam não é uma doença; e sim uma condição visual. 

Que faz com que a pessoa tenha dificuldade de enxergar ou de fato não consiga olhar em locais de grande exposição a luz solar ou artificial, como já comentamos logo no início do artigo. 

Quais são as causas?

Não há como determinar de forma específica quem terá ou não fotofobia, mas de acordo com informações divulgadas pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia,  as pessoas que tem olhos claros como azuis ou verdes, tem uma tendência maior a desenvolver a aversão a luz. 

Link para o site: 

https://www.cbo.net.br/novo/publico-geral/fotofobia–o-incomodo-nos-olhos-de-quem-nao-consegue-olhar-diretamente-para-a-luz.php

Isso porque as camadas dos olhos de tons claros, costuma  absorvem menos luz que os olhos de pessoas com tons médios ou escuros.

Mas além das causas naturais, existem outros fatores que podem desencadear a fotofobia como as seguintes doenças oculares:

  • Uveítes e reações pós-operatórias
  • Alterações na retina: como doenças degenerativas oculares e albinismo
  • Lesões ou doenças na córnea
  • Conjuntivite
  • Síndrome dos olhos secos, entre outros. 

Quando é necessário buscar ajuda médica? 

Por se tratar de um condição, de um modo geral, não é necessário buscar auxílio médico em relação a fotofobia. Basta manter os cuidados adequados no dia a dia. 

Entretanto caso a fotofobia esteja atrapalhando em demasiadamente seu cotidiano. Ou ainda, esteja associada a outros problemas visuais como os que comentamos. 

Ou a outros sintomas como dor de cabeça frequente, o dor ocular o ideal é marcar uma consulta com o oftalmologista.

O profissional, irá fazer uma série de perguntas relacionadas aos sintomas que você vem apresentando e caso seja necessário exames que possam definir o diagnóstico adequado à patologia que você possui. 

Como reduzir os impactos no cotidiano

A fotofobia, de fato gera bastante desconforto em especial em dias com maior incidência de sol. Mas uma dica bastante eficiente que pode contribuir para diminuir a sensação de desconforto é utilizar óculos de sol com proteção UV.

Aqui na Ótica da Gente, em nossas grifes você encontra o modelo ideal para acompanhar sua rotina no dia a dia. Com a proteção das lentes que você precisa para minimizar os impactos da fotofobia e assim viver uma vida mais tranquila com uma visão melhor. 

Outra dica, é aderir os óculos de grau com lentes fotossensíveis. Que se adaptam com a luminosidade do ambiente.

Dessa forma você que usa óculos de grau não precisa fazer a troca de óculos, ao entrar e sair de ambientes com mais luz. As lentes irão se adaptar de forma gradual, oferecendo maior conforto e comodidade em seu cotidiano. 

Venha conhecer os modelos de óculos de grau e de óculos de sol disponíveis em uma de nossas unidades. E aproveite para se manter sempre bem informado acompanhando os artigos do nosso blog.   

 Link para a página: https://oticadagente.com.br/nossas-lojas/

Related Posts

Deixe um comentário