Blog

Espasmo ocular, conheça as causas e sintomas

Já aconteceu de você sentir uma tremida repentina em suas pálpebras e não saber o motivo? Se sim, você vivenciou um espasmo ocular.

Embora sejam inofensivos, tal situação pode causar desconforto e até mesmo medo por não saber do que se trata. 

Para solucionar suas dúvidas a respeito do espasmo ocular, separamos aqui o porquê disso acontecer e quais os sintomas para poder identificar e procurar a ajuda necessária.

Identificando o problema

Os espasmos podem durar poucos segundos, mas há situações em que essas contrações nas pálpebras duram por mais de um dia. Em casos de contrações oculares que não desapareçam relativamente rápido, é necessário consultar um oftalmologista.

A necessidade de buscar um profissional especializado é por causa de os espasmo podem sinalizar condições neurológicas graves, o que acaba afetando as pálpebras. 

Essa condição neurológica é conhecida pelos médicos por blefarospasmo, embora seja mais rara de acontecer, pode ser tornar um problema sério.

Como acontece o espasmo ocular?

Algumas das  principais causas desses movimentos espontâneos podem ser:

– Estresse;

– Fadiga ocular;

– Olhos secos

– Consumo excessivo de cafeína e álcool e

– Desequilíbrios nutricionais e falta de vitaminas;

– Alergias.

Como controlar o espasmo ocular:

O tremor nos olhos é um dos principais sintomas, mas em alguns casos os sintomas do blefarospasmo podem passar espontaneamente, porém seguir algumas ações que podem ajudar, entre elas:

– Dormir mais;

– Evitar consumo exagerado de cafeína e/ou álcool;

– Usar colírios para lubrificação dos olhos, evitando irritações e

– Veja que essas medidas estão ligadas às mudanças de hábito que talvez você tenha e afete negativamente a sua saúde ocular. 

Além dessas especificações, você pode também tentar relaxar, evitando o estresse, além de cuidar da alimentação, evitando o consumo excessivo de cafeína e álcool. Outro detalhe importante é manter sempre seu grau de óculos atualizado. 

Agora que já sabe como identificar os espasmos oculares, fique atento a alguns sinais que podem indicar a necessidade de usar óculos ou verificar a mudança do seu grau.

Mas lembre-se, nossas informações são somente ações que ajudam a diminuir ou tratar os sinais desta condição, a ida em um médico especialista é indispensável!

 

Related Posts

Deixe um comentário